M-Audio Xponent

Acredito eu que uma boa parte das pessoas que visitam este blog tem algum tipo de aparelhagem para discotecar ou produzir. Bem no meu caso atingi esta etapa a poucos dias, quando adquiri minha mesa controladora MIDI, uma M-Audio Xponent.
Acredito que a maioria conhece este equipamento, estudei a Xponent cerca de um ano antes de adquiri-la, li muito sobre ela assisti vídeos participei de fóruns sempre analisando seus pontos fortes e fracos.

Finalmente depois de muita batalha cheguei a adquiri-la estou com ela em mãos a cerca de um mês. A primeira coisa que fiz depois de tira-la da caixa foi (babar) configura-la no Traktor (para mim o Torq não serve), como ja tinha lido praticamente tudo que existe de noticias e dicas sobre ela, sabia exatamente de cada passo que tinha que realizar.

Consegui um TSI (mapeamento) base e estou a modifica-lo ao meu agrado. Baixei o TSI do forum da NI o autor é o DJ Kad: Download Aqui
Modificando esse TSI durante esse primeiro mês de uso consegui a marca de mais de 220 funções atribuídas ao controlador algo extraordinário pois nunca li em lugar nenhum que poderi
a fazer tanto, lembrando que tenho mais funções a implementar.

Vocês irão me perguntar: Como? Isso é Impossível!

Pois não é, a Xponent possui um seletor de mapeamentos (o botão "A" e "B" da parte frontal) o que ja dobra as possibilidades de mapeamento da mesa, mas não é só isso.
Consegui atribuir teclas "Shift" (sim igual ao "Shift" do seu teclado) para duplicar novamente as suas funções dessa forma tenho na verdade 4 bancos de mapeamentos (dois na posição "A" e dois na posição "B").
Com certeza isso é fabuloso pois utilizo os 4 Decks do Trakt
or e com esse mapeamento tenho "o poder nas minhas mão". Apenas no banco de dados "A" tenho o controle dos 4 Decks e ainda um controle limitado do browser ( posso pular entre as PlayList selecionar a faixa e carega-la no Deck que desejar) assim ainda me restando todo o banco "B" para funções avançadas.

Infelizmente não possuo um sistema de som de alta qualidade para detalhar a qualidade sonora do equipamento mas sem dúvida seu som é muito bom.

Antes de compra-la analisei todas suas concorrentes, a BCD 3000, os
Vestax VCI 100 e 300, equipamentos da Numark entre outros mas como meu objetivo era um equipamento "potente" de alta qualidade e com menor custo possível não tive dúvidas, estou certo que fiz a melhor escolha.

Lembrando que trabalho com musica eletrônica (Electro, Trance, PSY, House, Progrssive, Minimal...) e quero utiliza-la em grandes eventos (mais de 1000 pessoas).
Outra coisa importante é o Torq, ele é um software incrível, bom mesmo, mas eu trabalho com quatro Decks... e não da para competir com o Traktor ainda mais a versão PRO, ela está anos luz a frente dos outros softwares para discotecagem profissional. (Não estou incluindo o Ableton Live para produção ao vivo)

O único ponto fraco que posso citar sobre a mesa são seus controles (faders) deslizantes, eles realmente são leves como uma pluma, mas ja publiquei um artigo aqui no blog que ajuda a corrigir esse empecilho.
Link para o artigo: Ajustando a firmeza do Pitch


Uma dica que eu quero dar é em relação ao desempenho, e se enquadra a qualquer controlador.
Não adianta gastar R$ 10.000 numa Xone4D e usar um Ee
pc, não esqueça que o controlador apenas "controla" o programa que você usa mas o que faz o negócio funcionar é o computador. No momento não tenho dinheiro para comprar um Notebook ou Macbook, mas se me falta dinheiro me sobra criatividade, então unindo as coisas irei tentar montar uma Case especial para a Xponent + PC, é uma alternativa estranha mas se tudo correr como planejado vai ficar legal. Assim que tiver montado (se der certo) posto as imagens aqui.

Uma palhinha de como esta meu quarto no começo do projeto da Case
E você, o que acha da Xponent?
Qual seu equipamento de trabalho?
Compartilhar este artigo :