Como Gravar Set (internal e external mixer)

Uma das dúvidas que mais assombram os usuários de softwares de discotecagem é como efetuar a gravação de seus sets. Nesse pequeno tutorial veremos como fazer isso usando as opções disponíveis nos principais programas do mercado tanto internamente quanto quando usamos um mixer ou outro equipamento externo.



A gravação interna é feita através do próprio programa que você utiliza para discotecar (Traktor, Torq, Decadance, VirtualDJ...) é usada nos casos onde você controla todos os efeitos, e equalizações através do próprio programa. Por exemplo nos casos em que você utiliza controladores midi, teclado do pc ou outra maneira de manipular o programa.
As maneires de se chagar ao painel de gravação mudam de acordo com o software que você utiliza, o básico é encontrar uma opção com o nome de "Rec" ou "Record" ativa-lo e começar a gravar. Como o processo é simples não me aprofundarei nos detalhes de cada programa.

O segundo caso de gravação é quando utilizamos um mixer externo para equalização, uma CDJ com CD convencional ou algo do tipo. Basicamente seria quando usamos o computador com algum instrumento externo que não exerça suas funções diretamente no programa que utilizamos.
Esse processo também pode ser usado para qualquer gravação de equipamentos externos.

Suponhamos que você utilize o um software para discotecar junto a esse software você usa uma controladora midi, uma placa de som e um mixer externo. Nesse caso não poderemos gravar diretamente o set através do referido programa pois apesar de utilizar uma controladora usaremos o Mixer para equalizar e definir o volume dos canais.

Há várias maneiras de realizar o processo de gravação, inclusive existem algumas placas de som do mercado que possuem a função de gravação internamente, ou até mesmo equipamentos que são desenvolvidos apenas para servir como gravadores. No nosso caso queremos enviar o sinal Master (o principal) ou Boot (auxiliar) de volta para o computador e grava-lo através de outro software.

Nesse caso enviaremos o sinal Master ou Boot do Mixer para uma entrada de som conectada ao computador e capturaremos esse sinal através de outro software.

Aconselho o uso do Audacity para captura de sinal, pois se trata de um software leve, estável com qualidade sonora profissional que possui várias funções e configurações sem contar que se trata de um software livre e possui sua interface em português.

Para gravar o som da entrada desejada abra o Audacity navegue até "Editar/Preferências" e na aba "Dispositivos" assinale a placa/entrada de som que deseja utilizar.
Após este procedimento é apenas necessário clicar no botão "Gravar" que se encontra no menu principal do programa.

Feito isso você pode tocar seu set através do programa que desejar e tudo que estará saindo no Master ou Boot do seu Mixer estará sendo gravado.

Se você estiver usando um equipamento que tem apenas uma saída Master (não possui Boot) pode usar um duplicador de canal (RCA, XLR, P10...) ou algo do tipo para enviar o sinal para o som principal e para entrada de gravação. Dessa maneira poderá ouvir exatamente o que está sendo gravado.

Dica: Na primeira vez que gravar seu set ou realizar qualquer trabalho no Audacity  e quiser salva-lo como arquivo MP3 ele exibirá uma mensagem solicitando a indicação do arquivo "lame_enc.dll" isso é natural, afinal o Audacity é um programa livre e o mp3 possui seus direitos reservados, por esse motivo ele não vem incluso com o programa.
Esse "problema" é fácil de ser solucionado, apenas clique em"Ok" e selecione o arquivo "lame_enc.dll" no seu computador, se você não possuir o arquivo baixe-o aqui (senha para descompactação: "midideejay") e indique-o no programa.

Para baixar o Audacity acesse: audacity.sourceforge.net
Compartilhar este artigo :